Q Osciladores Deformados Forex




Q Osciladores Deformados ForexOsciladores de Dformados e D-branes em conifold Estudamos a algebra do oscilador deformada em q que atua sobre as funcoes de onda de D-branes nao compactas na corda topologica em conifold. Achamos que a curva do modelo de espelho B de conifold aparece a partir da relacao de comutacao dos osciladores deformados em q. 1. Introducao O cordao topologico e um campo de jogos interessante para estudar a dualidade da calibracao atraves da transicao geometrica 1. 2 xA0andxA03. Tambem e interessante estudar como a geometria do espaco alvo e quantizada neste contexto. Recentemente, percebe-se que o lado do modelo A e descrito por um modelo estatistico de fusao de cristal 4 xA0andxA05. Enquanto o lado do modelo B e reformulado como modelos de matriz 6 xA0andxA07. Em ambos os casos, uma curva espectral aparece como a forma limite do cristal fundido ou da equacao do loop do modelo da matriz. Espera-se que a curva espectral seja vista como um surfactdoc de Riemann ldquoquantum no sentido de que as coordenadas desta curva tornam-se nao-comutativas em acoplamentos de cordas finitas g s g s. Argumenta-se que a linguagem natural para lidar com esse fenomeno e o D - module 8 xA0andxA09. Nesta carta, estudamos a estrutura algebrica nao-comutativa no espelho do lado do modelo B da corda topologica no conifold resolvido O (menos1) oplusO (menos1) rarrP 1 O (menos 1) oplus O (menos 1) rarr P 1. Conforme observado em 10., existe uma estrutura subjacente de oscilador deformada (ou, q-oscilador para curto) na funcao de onda de D-branas nao compactas em conifold. Estudamos a representacao de q-osciladores em termos de coordenadas nao-comutativas e mostramos que a curva de espelho de conifold aparece a partir da relacao de comutacao dos osciladores de q. Esta carta esta organizada da seguinte forma. Na Secao 2. nos construimos o q xA0 - osciladores A plusmn A plusmn atuando nas funcoes de onda D-brane em termos de variaveis ??obedecendo a relacao de comutacao p, xg s p. X g s. Na Secao 3. mostramos que a relacao de comutacao de q xA0 - osciladores A plusmn A plusmn nao e senao a curva do espelho do conifold resolvido. Na Secao 4. revisitamos a computacao da funcao de particao da teoria de ChernndashSimons usando os osciladores de q. Concluimos na Secao 5 com discussao. q-osciladores deformados e D-branes em conifold Estudamos a algebra do oscilador deformada em q que atua nas funcoes de onda de D-branes nao compactas na corda topologica em conifold. Achamos que a curva do modelo de espelho B de conifold aparece a partir da relacao de comutacao dos osciladores deformados em q. 1. Introducao O cordao topologico e um campo de jogos interessante para estudar a dualidade da calibracao atraves da transicao geometrica 1. 2 xA0andxA03. Tambem e interessante estudar como a geometria do espaco alvo e quantizada neste contexto. Recentemente, percebe-se que o lado do modelo A e descrito por um modelo estatistico de fusao de cristal 4 xA0andxA05. Enquanto o lado do modelo B e reformulado como modelos de matriz 6 xA0andxA07. Em ambos os casos, uma curva espectral aparece como a forma limite do cristal fundido ou da equacao do loop do modelo da matriz. Espera-se que a curva espectral seja vista como um surfactdoc de Riemann ldquoquantum no sentido de que as coordenadas desta curva tornam-se nao-comutativas em acoplamentos de cordas finitas g s g s. Argumenta-se que a linguagem natural para lidar com esse fenomeno e o D - module 8 xA0andxA09. Nesta carta, estudamos a estrutura algebrica nao-comutativa no espelho do lado do modelo B da corda topologica no conifold resolvido O (menos1) oplusO (menos1) rarrP 1 O (menos 1) oplus O (menos 1) rarr P 1. Conforme observado em 10., existe uma estrutura subjacente de oscilador deformada (ou, q-oscilador para curto) na funcao de onda de D-branas nao compactas em conifold. Estudamos a representacao de q-osciladores em termos de coordenadas nao-comutativas e mostramos que a curva de espelho de conifold aparece a partir da relacao de comutacao dos osciladores de q. Esta carta esta organizada da seguinte forma. Na Secao 2. nos construimos o q xA0 - osciladores A plusmn A plusmn atuando nas funcoes de onda D-brane em termos de variaveis ??obedecendo a relacao de comutacao p, xg s p. X g s. Na Secao 3. mostramos que a relacao de comutacao de q xA0 - osciladores A plusmn A plusmn nao e senao a curva do espelho do conifold resolvido. Na Secao 4. revisitamos a computacao da funcao de particao da teoria de ChernndashSimons usando os osciladores de q. Concluimos na secao 5 com discussao.